MERCADO IMOBILIÁRIO MANTÉM PREVENÇÃO À COVID-19 COMO PRIORIDADE E FAZ DOAÇÃO PARA CONSTRUÇÃO DE HOSPITAL EM SAMAMBAIA

12 abr 2021

A Associação de Empresas do Mercado Imobiliário do Distrito Federal (Ademi DF) e o Sindicato da Indústria da Construção Civil do Distrito Federal (Sinduscon-DF) formalizaram, na sexta-feira (09/04), a doação de R$ 668 mil ao Instituto BRB para a construção de uma extensão do Hospital Regional de Samambaia, iniciativa do Governo do Distrito Federal (GDF) para ampliar o atendimento de pacientes da Covid-19. As obras já tiveram início: a nova unidade hospitalar terá 100 leitos com suporte respiratório e continuará funcionando para atender a população do DF mesmo quando for controlada a pandemia.

“Ajudará a transformar a realidade de milhares de pessoas por meio da construção do hospital. Vamos passar anos e anos e ver o hospital funcionando. É um legado”, afirmou o presidente do BRB, Paulo Henrique Costa. Ele reconheceu o engajamento das empresas do setor e agradeceu a mobilização. O BRB é responsável pela contratação da execução e gestão financeira da obra, que será viabilizada com investimento privado.

”Para nós, a prevenção à Covid-19 é prioridade. Nesse projeto, o mais importante é que, além de auxiliar os pacientes da pandemia, o hospital também atenderá outros pacientes no futuro”, afirma Eduardo Aroeira Almeida, presidente da ADEMI DF. “Contribuir para aumentar o atendimento de saúde da população é um legado importante e mobilizou nossos associados em uma corrente do bem”.

Responsabilidade social – Segundo ele, as empresas filiadas à entidade têm mantido as medidas de prevenção adotadas desde o início da pandemia para prevenir a transmissão do novo coronavírus entre seus colaboradores. Nesse momento crítico da crise sanitária, Incorporadoras e construtoras estão reforçando a conscientização de seus funcionários, redobrando o cuidado com a higiene, distanciamento e uso de equipamentos de proteção.

O presidente do Sinduscon-DF, Dionyzio Klavdianos, afirmou que é uma honra angariar tamanha quantidade de recursos. ”Nossos votos são de que a obra seja célere, sendo cumprido o prazo de 40 dias para construção e que o hospital possa prontamente cumprir o seu importante papel social”, enfatizou.

A doação formalizada pelo setor da construção mobilizou incorporadoras, construtoras, imobiliárias, escritórios de arquitetura e outras instituições associadas em uma corrente do bem para ampliar o atendimento de saúde à população do DF no período mais desafiador do enfrentamento à doença.

Durante o encontro, o presidente do BRB anunciou que o GDF estuda ampliar em duas unidades o número de novos hospitais previstos. Para estimular a doação por entes privados, também está em estudo a garantia de isenção fiscal sobre os recursos doados. “Estamos avaliando, pra ver se é viável”, disse Paulo Henrique Costa.

Conheça as empresas do setor da construção que participaram da doação:

Accioly Catelli Arquitetos Associados;
Accioly Construtora;
Apex Engenharia;
Attos Construções e incorporações;
Base Investimentos;
Beiramar imóveis;
Brasal Incorporações;
Conbral;
Construtora e Incorporadora Jarjour;
Construtora Villela e Carvalho;
Dávila Arquitetura e Engenharia;
Direcional Engenharia;
ECAP Engenharia;
Emplavi;
Faenge Figueiredo e Avila Engenharia;
Fundação Habitacional do Exército (Poupex);
Habitar Empreendimentos;
Itebra Construções e Instalações Técnicas;
José Celso Gontijo Engenharia;
Lotus;
Milênio Empreendimentos Imobiliários;
PaulOOctávio;
Quadraimob Soluções Imobiliárias;
Soltec Engenharia;
Supera Engenharia;
Terral Incorporações;
Funcionários do Sinduscon-DF.

Autor
Avatar

Imprensa Ademi-DF

Categorias

Parceiros