ENIC 2020 TERÁ 10 PAINEIS TEMÁTICOS E AUDITÓRIOS CONJUNTOS, CRIANDO NOVA DINÂMICA PARA OS DEBATES

14 fev 2020

O Encontro Nacional da Indústria da Construção (ENIC) trará à Brasília o debate dos mais importantes temas da indústria da construção brasileira e cumprirá uma agenda que olha para o futuro do setor. A programação da 92º edição do evento foi apresentada durante a primeira reunião do Conselho de Administração da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) em 2020, na quarta-feira (12). O 92º ENIC está marcado para 13 a 15 de maio, no Centro de Eventos e Convenções Brasil 21. Com o tema O Futuro em Construção, o encontro deve reunir cerca de 2 mil participantes vindo de todo o Brasil e do exterior.

 

“Teremos um novo formato e os painéis serão realizados em salas conjuntas, aproveitando a interface entre os diversos temas e aproveitando ainda mais a expertise dos palestrantes”, diz Eduardo Aroeira Almeida, presidente da Associação das Empresas do Mercado Imobiliário do Distrito Federal (ADEMI-DF). “O ENIC 2020 será ainda mais interessante que os anteriores, uma oportunidade imperdível de atualização profissional e networking”.

 

Realização da CBIC e principal evento do calendário anual da indústria da construção no Brasil, o ENIC é correalizado pela ADEMI-DF, pelo Sindicato da Indústria da Construção Civil do Distrito Federal (Sinduscon-DF) e pela Associação Brasiliense de Construtores (Asbraco). As inscrições já estão abertas:

https://www.eventbrite.com.br/e/92o-enic-encontro-nacional-da-industria-da-construcao-registration-89302424957

 

O encontro vai debater 10 grandes temas de interesse da indústria da construção:

indústria imobiliária;

  • valorização da engenharia;
  • cooperativismo;
  • normas regulamentadoras;
  • Construção 2030;
  • qualidade do produto;
  • governança, ética e gestão compartilhada;
  • Habitação de Interesse Social;
  • obras públicas;
  • segurança jurídica e liberdade econômica.

 

O formato da programação está definido. “Pedimos sugestões a nossos colaboradores e, ao invés de o ENIC funcionar com nove salas de reuniões simultâneas, vamos manter agora três salas. Fica mais atraente, 400 pessoas por sala e palestrantes de peso”, explicou o presidente da CBIC, José Carlos Martins.

 

Palestrantes e debatedores das áreas econômica, política, regulatória, tecnológica, jurídica, ambiental e de controle apresentarão painéis gerais e específicos, com assuntos diversificados ao longo dos três dias, cada um com um tema específico. Em 13 de maio, o foco dos debates será ‘Impulsionando o Emprego’. Já nos dias 14 e 15/05, Unindo Forças’ e ‘Prototipando o Futuro’, respectivamente.

 

(Com Agência CBIC)

 

 

 

Autor
Avatar

usuarioademi

Categorias

Parceiros