Reunião da Ademi-DF debate crescimento do setor imobiliário

Assessoria de Imprensa Ademi-DF

Nesta quarta-feira (25), ocorreu a reunião ordinária da Associação das Empresas do Mercado Imobiliário do DF (Ademi-DF), com a presença do secretário de Estado de Proteção da Ordem Urbanística do DF (DF-Legal), Georgeano Fernandes. Na oportunidade, foi discutido o crescimento do DF com relação ao setor imobiliário e processos de fiscalização de ocupações irregulares.

O secretário declara que o crescimento do DF poderá ser realizado de forma ordenada, quando maior for a oferta de imóveis legalizados e aderentes ao planejamento urbano. Ele destacou que a expansão do mercado imobiliário legalizado facilita sobremaneira o serviço de fiscalização do poder público.

Para o presidente da Ademi-DF, Eduardo Aroeira, as ocupações irregulares têm histórico de geração de problemas que afetam toda a população do DF. Entre as mais recentes, está a interrupção sistemática do abastecimento de água, conforme noticiado pela imprensa. “Ao analisar o noticiário, vemos que a maioria desses problemas ocorre onde houve ocupação desordenada por empreendimento irregulares”, afirmou.

Segundo Georgeano, o DF Legal está analisando todos os processos internos relacionados às atividades cotidianas da pasta e o desafio é fazer frente à crescente demanda por fiscalização e outras atividades. O secretário pontua que a taxa de crescimento populacional do DF, cerca de 3% anuais, supera a de metrópoles como a cidade de São Paulo (taxa de aproximadamente 1,5%).

Para o secretário, o governo deve prestar serviços levando em conta a população do DF e entorno, que está interligada ao território de várias formas. “Trata-se de 5 milhões de pessoas, e não apenas 3 milhões que residem na área delimitada do DF”, afirma.

O tema Habite-se também foi discutido na reunião. O prazo para emissão de laudos pelo DF Legal reduziu de 30 para 15 dias, o que foi confirmado pelos empresários do setor imobiliário.

A diretoria do Sinduscon-DF esteve presente na reunião, sendo representada pelo vice-presidente administrativo financeiro Adalberto Júnior, e pelo conselheiro fiscal, Leonardo Ávila.

*Com informações Sinduscon-DFhttp://www.sinduscondf.org.br/portal/noticia/4260/reuniao-da-ademi_df-debate-crescimento-do-setor-imobiliario

Comments are closed.