ENIC DEBATE FUTURO DO CORRETOR E REDES DE COLABORAÇÃO PARA TURBINAR VENDAS NO DIGITAL

22 jun 2022

Novas ferramentas estão disponíveis no mercado para as empresas da construção chegarem diretamente ao seu comprador de imóveis. Para saber como será a intermediação imobiliária no futuro e se o setor da construção está preparado para essa mudança, a Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) reuniu especialistas de real state nesta terça-feira (21/06), durante o 94º Enic | Engenharia & Negócios.   

Na palestra Como turbinar suas vendas no mercado imobiliário digital”, mediada pelo presidente da Comissão da Indústria Imobiliária (CII) da CBIC, Celso Petrucci, o presidente da Loft, João Viana, destacou dois pontos importantes para usar a tecnologia e ganhar eficiência no processo de compra e venda de imóveis no país.

O primeiro, referente ao futuro da profissão do corretor, e o segundo à rede de colaboração de imobiliárias. Segundo Viana, olhando para o mercado americano, em que os dados transacionais estão disponíveis para compradores e vendedores e a transação é mais ágil, a posição do corretor continua sendo muito importante e influente na tomada de decisão de compra e venda do imóvel. “Com o uso da tecnologia, no futuro, o corretor terá um papel mais de consultoria do que de uma pessoa que busca imóveis”, frisou.

Sobre a rede, o presidente da Loft destacou o case de colaboração das imobiliárias, implantado no Rio Grande do Sul, que aumenta o volume de transações imobiliárias em estoque. Recomendou, para cidades menores, a busca de CRMs como o Vista.

Ainda sobre a questão do corretor de imóvel, o presidente do Conselho Federal de Corretores de Imóveis (Cofeci), João Teodoro, mencionou que 35% dos corretores de imóveis do Brasil estão direcionados à venda primária e 65% à venda de terceiros. “Não há dúvida de que o corretor é e continuará sendo importante dentro do mercado imobiliário”, disse, enfatizando que a entidade está dando apoio aos corretores imobiliários do país para que eles se insiram em todas as inovações tecnológicas, inclusive no metaverso.

“O que temos que mudar no corretor é o branding. O corretor sempre será necessário em uma aquisição e venda imobiliária, assim como o engenheiro é necessário na construção”, salientou o presidente da CII/CBIC.

Como boas notícias, o presidente do Sindicato da Indústria da Construção Civil no Estado do Rio de Janeiro (Sinduscon-Rio), Cláudio Hermolin, ressaltou que em mercados mais maduros e evoluídos em termos de tecnologia a figura do corretor não acabou, assim como o produto do mercado imobiliário não tem substituto: é piso, parede e teto.

No entanto, Cláudio Hermolin alertou que “a gente não vive uma era de transformação. A gente vive a transformação de uma era”, ou seja, a facilidade em obter informações e a diminuição no tempo também têm que estar disponível no mercado imobiliário, assim como em outras áreas.

“Houve uma mudança completa na jornada imobiliária. Antes, o cliente procurava o corretor e depois o imóvel. Hoje, o cliente pode procurar o imóvel e depois o corretor”, destacou Hermolin, ressaltando o tempo ganho entre comprador, vendedor e corretor com o tour virtual, que passa a dar fluidez à jornada, evitando visitas desnecessárias a imóveis. “Venda não é mais somente vocação. Venda é processo”, apontou, reforçando que o futuro já está aí e o cliente está mais exigente de informações com qualidade.

Sobre o e-commerce, na avaliação de João Teodoro o corretor e incorporador têm que estar preparados para as transformações, porque o mercado continua acontecendo de uma forma ou de outra.

Já sobre a questão de as redes de imobiliárias terem o papel de dar o valor do preço do imóvel mais próximo da realidade, Hermolin ressaltou que “a transação teria uma fluidez muito maior, porque hoje ela está focada em preço”.

Os interessados em assistir a íntegra da palestra podem se cadastrar no site do evento. O Enic, considerado o mais importante evento da indústria da construção no país, reunirá, até quinta-feira (23/06), no formato 100% online, empresários, profissionais e especialistas do setor da construção, além de estudantes e imprensa. Confira!

O 94º Enic | Engenharia & Negócios é realizado pela Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) e conta com a correalização do Sesi, Senai e patrocínio do Sebrae, Confea, Mútua, AltoQI, SoftwareONE, CV, Sienge e Caixa Econômica Federal. 

(Com Agência CBIC)

Autor
Avatar

Imprensa Ademi-DF

Categorias

Parceiros