COVID-19: PARA ADEMI DF, CONSTRUÇÃO CIVIL SERÁ ALAVANCA DA RECUPERAÇÃO DA ECONOMIA PÓS-PANDEMIA

03 abr 2020

Setor essencial para a atividade econômica no Distrito Federal, incorporadoras e construtoras mantêm suas atividades obedecendo a um novo protocolo de segurança e saúde do trabalho, com foco prioritário na proteção de seus trabalhadores dentro e fora dos canteiros, e se preparando para os novos desafios criados pelo surgimento do novo coronavírus, cuja rápida transmissão mudou o cenário mundial e também o brasileiro. Empresários avaliam que, passada a turbulência criada pela pandemia, o setor da construção terá papel decisivo no processo de recuperação da economia.

“Nesse momento, nossa maior preocupação é preservar a saúde dos nossos trabalhadores. Não tenho dúvida, entretanto, que a despeito das muitas dificuldades que virão, nosso setor terá impacto decisivo para a economia se recuperar”, avaliou Eduardo Aroeira Almeida, presidente da Associação das Empresas do Mercado Imobiliário do Distrito Federal (ADEMI DF) em bate papo transmitido pelo Instituto Opinião pelas redes sociais. “No DF, essa contribuição será ainda maior”.

Segundo maior empregador no país e, também, no DF, a construção civil segue na execução de obras e projetos em andamento e tem contribuído no esforço do GDF para ampliar a oferta de atendimento à saúde. Em parceria com o Seconci-DF, o Sinduscon-DF e a Asbraco, a ADEMI DF tem orientado suas associadas na prevenção ao vírus nos canteiros e escritórios. As empresas brasilienses também têm promovido a doação de produtos usados na prevenção da COVID-19 aos órgãos públicos e colaborado para o provimento de mais leitos hospitalares.

Na live, o presidente do Instituto Opinião, Alexandre Garcia, questionou como os trabalhadores do setor estão lidando com a pandemia. O presidente da ADEMI DF informou que as entidades do setor estão mantendo um diálogo direto e permanente com o sindicato dos trabalhadores, não apenas para transmitir recomendações para a prevenção, mas também para acompanhar de perto as demandas e eventuais necessidades dos funcionários. “Temos feito um controle semanal e atuando com o mesmo objetivo de preservar a saúde do trabalhador”, disse. Além dos cuidados nos canteiros, incorporadoras e construtoras têm distribuído kits de higiene pessoal para que o trabalhador possa proteger também sua família.

Autor
Avatar

Imprensa Ademi-DF

Categorias

Parceiros